Prémio CTS

Associação Ibero-Americana CTS na Educação em Ciência

Prémio AIA-CTS – Tese de Doutoramento ou Dissertação de Mestrado

Com a atribuição do Prémio AIA CTS pretende-se distinguir a melhor Tese de Doutoramento ou Dissertação de Mestrado na área da educação CTS, publicada em Português, Castelhano, Catalão ou Galego, de entre as submetidas. Em cada Seminário CTS serão anunciados os vencedores com trabalhos concluídos nos dois anos anteriores.

O concurso ao Prémio AIA-CTS obedece ao seguinte regulamento.

Regulamento Geral

Âmbito

O prémio AIA-CTS é atribuído ao melhor trabalho de Dissertação de Mestrado ou Tese de Doutoramento, desenvolvido no âmbito da área científica “CTS na Educação / Ensino das Ciências”. Pretende-se estimular a inovação e a criação de conhecimento científico que contribua para o aprofundamento e consolidação desta área. Pretende-se, ainda, com esta distinção, proceder à divulgação de trabalhos científicos de elevada qualidade.

O prémio AIA-CTS consta de um Diploma de Mérito, da oferta da inscrição no Seminário Ibero-americano seguinte e de convite à apresentação do trabalho nesse Seminário, na forma de comunicação oral.

Ao orientador (e coorientador, se o houver) é atribuído um Diploma de Mérito.

A atribuição do prémio rege-se pelo seguinte regulamento:

1. Apresentação de Candidaturas

1.1. O prazo de apresentação de candidaturas é até ao dia 31 de janeiro de cada ano civil, sendo publicitada a sua abertura no sitio da Internet da AIA-CTS (http://aia-cts.web.ua.pt/), no mês de dezembro anterior.

1.2. São admitidas a concurso teses e dissertações originais, concluídas no ano anterior à data de apresentação das candidaturas ao Prémio AIA-CTS.

1.3. São admitidas teses e dissertações publicadas em Português, Castelhano, Catalão ou Galego.

1.4. São admitidas candidaturas, exclusivamente, teses desenvolvidas e ou orientadas/co-orientadas por sócios da AIA-CTS.

1.5. A candidatura deverá ser formalizada preenchendo o formulário próprio disponível em: http://aia-cts.web.ua.pt/

2. Documentos para candidatura ao concurso

2.1. Formulário de candidatura online (http://aia-cts.web.ua.pt/)

2.2. Dissertação de Mestrado ou Tese de Doutoramento em formato PDF (texto completo);

2.3. Lista de Publicações aceites ou submetidas resultantes do trabalho desenvolvido, com as respetivas referências completas (em formato PDF);

2.4. Curriculum Vitae do autor e Orientador(es) (em formato PDF);

2.5. Digitalização do certificado de conclusão do grau (em formato PDF).

3. Constituição do Júri e Avaliação dos trabalhos

3.1. O Júri é designado pela Direcção da AIA-CTS e é constituído por quatro membros doutorados, de reconhecido prestígio científico na área.

3.2. Os critérios gerais que presidem à análise das dissertações e teses são a qualidade científica e a originalidade, operacionalizados através de critérios específicos publicitados no site da AIA-CTS.

3.3 As decisões do Júri são tomadas por maioria.

3.4. As decisões do Júri são soberanas, delas não havendo lugar a recurso.

3.5. O Júri pode tomar a decisão de não atribuir o Prémio ou decidir a sua atribuição ex aequo a dois trabalhos concorrentes.

4. Anúncio e entrega do Prémio

4.1. O Prémio é anunciado e entregue ao vencedor no Seminário Ibero-americano CTS seguinte à data do concurso.

4.2. No caso de ano em que não decorra o Seminário, o prémio é publicitado na página Web da AIA-CTS e entregue no ano seguinte.

4.3. O(s) premiado(s) e o trabalho(s) vencedor(es) dos dois anos anteriores são divulgados publicamente no Seminário Ibero-americano CTS seguinte, no sítio Web da AIA-CTS e nos meios de comunicação social adequados.

5. Esclarecimentos Adicionais

5.1. Pedidos de informação ou esclarecimentos adicionais podem ser solicitados à direção da AIA-CTS.

Júri de Avaliadores (2014)

  • Isabel P. Martins, Universidade de Aveiro – Portugal
  • Andoni Garritz, Universidade Nacional Autónoma de México – México
  • Wildson Pereira dos Santos, Universidade de Brasília – Brasil
  • Rosa Nidia Tuay Sigua, Universidade Pedagógica Nacional – Colômbia

Júri de Avaliadores (2016)

  • Isabel P. Martins, Universidade de Aveiro – Portugal
  • Ángel Vázquez Alonso, Universidad de las Islas Baleares – Espanha
  • Agustina R. Echeverría, Universidade Federal de Goiás – Brasil
  • Rosa Nidia Tuay Sigua, Universidade Pedagógica Nacional – Colômbia

Cada um destes avaliadores poderá solicitar o apoio de outros especialistas para análise dos trabalhos ou parte deles, de acordo com áreas específicas.

O júri definirá a metodologia de trabalho a seguir, prazos e formas de apresentação dos resultados da avaliação.

Critérios de Apreciação da Qualidade Científica e Originalidade das Teses e Dissertações:

1.  Avanços / Contributos para a Educação CTS no Ensino das Ciências

2. Originalidade da temática

3.Impacte na comunidade científica: divulgação / publicações decorrentes do estudo

4. Qualidade da Organização Geral e Estilo da escrita.

ver formulário de candidatura

Prémio AIA-CTS

Leave a Reply